Dúvidas Ghee

Qual a validade do ghee?

O nosso ghee tem validade de 2 anos. Recomendamos consumir em até 6 meses depois de aberto, mas na prática, é extremamente difícil que ele estrague. Você pode usar sem medo mesmo depois da validade. Na Índia, o ghee é guardado em potes durante anos para uso em tratamentos ayurvédicos.

 

Manteiga de garrafa é igual Ghee?

Não, manteiga de garrafa é o primeiro processo de fazer o ghee, onde ela é só fervida e se retira um pouco da água. São completamente diferentes. A manteiga de garrafa tem um sabor e aroma rançoso característico e ela estraga, tem validade curta. O ghee é feito com cozimento lento, durante 3 dias para retirada total da água, lactose e caseína (que formam uma borra espessa de espuma). O sabor do ghee é bem diferente da manteiga de garrafa e a absorção pelo corpo é diferente.

 

O ghee Yamuna tem pesticidas?

Nosso ghee é livre de pesticidas! Enviamos para análise na Alemanha, por um dos maiores laboratórios do mundo onde 225 substâncias foram analisadas comprovaram a nossa pureza, o laudo está aqui.

 

Ghee Yamuna tem Lactose e Caseína?

Nosso ghee pode ser considerado "SEM LACTOSE" e "SEM CASEÍNA" porque têm quantidades inferires aos limites legais para esses componentes. Contém apenas traços. Por se um produto derivado de leite, colocamos na rotulagem a informação legal 'ALÉRGICOS CONTEM DERIVADOS DE LEITE'.

Em nossa última análise do ghee, os traços ficaram em 410 mg/kg de lactose e  6,2mg/kg de caseína.

O publico intolerante pode consumir (e temos muitos clientes que consomem e elogiam por ser o único ghee que não causa dor de barriga neles). Os alérgicos não devem consumir a menos que saibam dos seus limites.

 

Meu ghee está liquido, ou com cristais esbranquiçados. Está estragado?

Não! é perfeitamente normal o ghee ficar líquido ou pastoso ou com pequenos cristais esbranquiçados. Isso acontece somente pela variação de temperatura. Acima de 25ºC ele fica mais liquido, abaixo disso ele fica mais pastoso. Está tudo certo! Temos um texto detalhado sobre isso, leia mais aqui.