10 Benefícios do chocolate amargo para saúde

10 Benefícios do chocolate amargo para saúde

O cacau é um alimento incrível. Somos apaixonados por todo o processo e história deste superalimento ancestral. Aqui em casa temos alguns pés de cacau - que não produzem por conta do frio, mas ainda sim nos presenteiam com alguns frutos todos os anos, fazemos nosso chocolate para consumo em casa e há alguns meses a Yamuna também faz um para venda em pequenos lotes.

Hoje presenteamos os nossos clientes com este texto em uma época (Páscoa) que estamos todos com chocolates nos armários. Esta é uma tradução de um artigo rico e excelente escrito pela Annie Price publicado originalmente  no site do Dr. Axe. No texto original a autora cita 9 benefícios do consumo do chocolate escuro. Tomei a liberdade de fazer alguns comentários ao longo do texto [..] e inseri alguns outros links de pesquisas. Acrescentamos também algumas informações de pesquisas relacionadas ao Brasil. Lembramos que o texto e pesquisas se referem ao chocolate AMARGO, ou seja ao chocolate preparado com pelo menos 70% de cacau e sem adição de gordura hidrogenada ou outras gorduras que não a manteiga de cacau.

No final do artigo incluí o 10º item falando dos efeitos mentais e psicoemocionais do cacau e da teobromina, pois acredito que estes são, na minha opinião, os efeitos mais incríveis do consumo do chocolate. Boa leitura!

10 Benefícios do chocolate amargo para saúde

O americano médio consome em média cerca de 5,5 kg [brasileiros 2,5kg a 4,5kg] de chocolate a cada ano, e mais de $75 bilhões de dólares são gastos anualmente em todo o mundo em chocolate. Com essa quantidade de chocolate circulando, é essencial fazer escolhas mais inteligentes sobre quais os tipos que você consome, para que você possa desfrutar de suas delícias favoritas sem culpa e aproveitar todos os benefícios de saúde do chocolate amargo ou preto.

Embora alguns tipos de chocolate estejam repletos de antioxidantes e polifenóis benéficos, é importante observar que nem todo chocolate é criado da mesma forma. Os benefícios potenciais para a saúde do chocolate processado e altamente cheio de açúcar [ao leite também] são praticamente NULOS, mas os benefícios para a saúde do chocolate escuro são numerosos e impressionantes.

O chocolate escuro é saudável? Aqui está o que você precisa saber sobre este doce alimento e como pode apreciá-lo como parte de uma dieta saudável.

 

1. Proteção contra doenças causadas por radicais livres

Um dos melhores benefícios do chocolate escuro é sua capacidade de combater os radicais livres. Os radicais livres são compostos nocivos criados por processos celulares no corpo que podem contribuir para a inflamação e doenças crônicas.

Antioxidantes são os compostos que se acredita neutralizar os radicais livres e proteger o corpo de danos e doenças.

O chocolate escuro é carregado com antioxidantes, incluindo flavonóides e polifenóis. O cacau, em particular, tem um alto teor de polifenóis e flavonoides ainda maior que o vinho e o chá verde.

Portanto, quanto maior a porcentagem de cacau da sua próxima barra de chocolate, mais antioxidantes incríveis você consumirá.


2. Prevenção de câncer em potencial


Pode ser difícil de acreditar, mas esse chocolate saboroso que você come e ama também pode ajudá-lo a evitar o câncer. Isso mesmo - um dos benefícios do chocolate amargo é seu potencial como alimento para combater o câncer.

A pesquisa mostra que os flavonoides e antioxidantes encontrados no chocolate podem ser especialmente benéficos contra o câncer de cólon. Por exemplo, em testes animais, descobriu-se que o chocolate amargo foi capaz de reduzir efetivamente o crescimento e a disseminação das células cancerígenas do cólon em ratos.

Outra revisão científica observou que poderia ajudar a proteger contra o câncer colorretal devido à sua capacidade de diminuir o estresse oxidativo, reduzir inflamações e bloquear o crescimento de células cancerígenas.


3. Melhora da saúde do coração

Os flavonóis [grupo de flavonóides]  é o principal tipo de flavonoide encontrado no cacau. De acordo com a Cleveland Clinic, a pesquisa mostrou que os flavanóis têm um efeito muito positivo na saúde do coração, reduzindo a pressão sanguínea e melhorando o fluxo sanguíneo para o coração e para o cérebro.

Esses flavonoides também podem ajudar a impedir a coagulação das plaquetas, o que pode reduzir o risco de derrame.

Um estudo publicado no International Journal of Cardiology mostrou indivíduos que consumiram uma dose diária de chocolate preto rico em flavonoides e chocolate branco pobre em flavonoides por duas semanas. Os resultados mostraram que a ingestão de chocolate preto rico em flavonoides melhorou significativamente a circulação em adultos, enquanto o chocolate branco não teve impacto positivo na saúde.

Outro estudo publicado em 2015 acompanhou a saúde de mais de 20.000 pessoas por 11 anos e concluiu que uma maior ingestão de chocolate estava associada a um menor risco de problemas cardíacos. De fato, entre os indivíduos que consumiram mais chocolate, 12% desenvolveram ou morreram de doenças cardiovasculares durante o estudo, em comparação com 17,4% daqueles que não consumiram chocolate.

 

Moinho de Pedra fazendo chocolate 100% Puro

[foto acima moinho de pedra iniciando a moagem do cacau (nibs) para Fazer o chocolate 100% puro Yamuna Artesanal]

 

4. Melhora o perfil geral do colesterol

A manteiga de cacau encontrada no chocolate é rica em gorduras saudáveis ​​e polifenóis, que são compostos benéficos e atuam como antioxidantes no organismo.

Um estudo de 2009 publicado no Southern Medical Journal analisou os efeitos do chocolate em 28 indivíduos saudáveis ​​e descobriu que apenas uma semana de consumo de chocolate escuro melhorou o perfil lipídico, diminuiu a reatividade plaquetária e reduziu a inflamação.

Outra revisão de 10 estudos mostrou que o consumo de chocolate rico em flavonóis foi eficaz na redução dos níveis de colesterol LDL total, os quais são os principais fatores de risco para doenças cardíacas.

 

5. Melhora a função cognitiva

Algumas pesquisas sugerem que o chocolate amargo rico em flavonoides pode aumentar o fluxo sanguíneo para o cérebro, o que pode potencialmente ajudar no tratamento de condições cognitivas como a doença de Alzheimer e a doença de Parkinson.

Não apenas isso, mas um estudo de 2009 publicado no Journal of Nutrition observou que o consumo de alimentos ricos em flavonóides - como chocolate, vinho e chá - estava ligado a uma melhor função cerebral e a um melhor desempenho cognitivo.


6. Melhora a pressão sanguínea

Vários estudos mostram que a adição de cacau à sua alimentação pode reduzir os níveis de pressão arterial, o que poderia ajudar a proteger contra condições como doenças cardíacas e derrames.

Por exemplo, em um estudo de 2015, consumir 25 gramas de chocolate amargo foi eficaz na redução da pressão arterial em indivíduos com diabetes tipo 2 e hipertensão. Não apenas isso, mas também foi capaz de diminuir significativamente os níveis de açúcar no sangue em jejum, em comparação com um grupo controle.


7. Superalimento rico em antioxidantes

Em um estudo publicado no Chemistry Central Journal, o conteúdo total de flavonóis e polifenóis, bem como o conteúdo de atividade antioxidante de chocolate escuri e no cacau em pó, foram comparados a frutas (superfrutas) como açaí, amora, mirtilo e romã.

Então, o que o estudo mostrou? Os pesquisadores descobriram que o teor de flavonoides do cacau em pó (30,1 miligramas por grama) era significativamente maior do que todos os outros pós das super frutas.

Também foi revelado que a capacidade antioxidante do chocolate amargo era superior a todos os sucos de super frutas, exceto a romã. Além disso, o conteúdo total de polifenóis por porção também foi mais alto para o chocolate (cerca de 1.000 miligramas por porção), que foi significativamente maior que todos os sucos de frutas, exceto o suco de romã. 


8. Potencial tônico da visão

Embora sejam necessárias mais pesquisas, um estudo clínico em junho de 2018 observou que a sensibilidade ao contraste e a acuidade visual de 30 participantes melhoraram após o consumo de chocolate amargo versus chocolate ao leite, o que significa que isso poderia ajudar a melhorar a visão. No entanto, são necessários mais estudos para avaliar como o chocolate e seus componentes podem impactar a visão a longo prazo.


9. Protege a saúde da pele

Um dos principais benefícios do chocolate escuro para a pele é atribuído ao seu conteúdo de flavonoides e à sua capacidade de proteger contra danos causados ​​pelo sol. De fato, um estudo realizado em Londres descobriu que comer chocolate rico em flavonoides poderia ajudar a evitar danos causados ​​pela luz ultravioleta.

Enquanto isso, outras pesquisas indicam que o consumo regular de chocolate também pode reduzir a aspereza da pele, melhorar a hidratação e melhorar o fluxo sanguíneo para a pele.

 

 10. O cacau afeta positivamente estados mentais e emocionais

[item incluído por nós]

Este é talvez o maior e mais incrível dos efeitos promovidos pelo consumo de cacau/chocolate. A influência na química cerebral provocados pela teobromina (alcalóide) em combinação aos flavonóides e à cafeína são estudados e validados por dezenas de estudos, e cá entre nós, na prática todo mundo consegue perceber sem precisar de um artigo comprovando. 

O cacau é estimulante, promove felicidade e prazer. Seu potencial de alterar estados emocionais e induzir a estados alterados de consciência é conhecido pelos povos originários da américa central há milhares de anos, tanto que ainda hoje rituais onde se bebe altas doses de cacau de forma cerimonial são praticados para cultuar a Deusa IxKakau ou IxCocoa, a deusa do amor.

Os efeitos nos estados de humor promovidos pela sinergia única da química do cacau  incluem a produção e liberação de:

  • Anandamina: A "molécula da felicidade".  Esta substância produzida e liberada em momentos de entusiasmos e felicidade. Este neurotransmissor atinge as mesmas estruturas cerebrais acionadas pelo THC, o ingrediente ativo da cannabis.
  • Triptofano: este aminoácido eleva os níveis de serotonina
  • Serotonina: neurotransmissor responsável por promover sensação de prazer e bem-estar. A ausência dessa substância no cérebro pode causar de mau humor a depressão
  • Dopamina: neurotransmissor da motivação e da vontade.
  • Feniletilamina: é o "hormônio a paixão". Sabe aquela sensação de encontrar a pessoa amada, tocar e se amar? É este hormônio que provoca. A feniletilamina tem estrutura muito parecida com a anfetamina, substância que provoca o aumento das capacidades físicas e psíquicas.
  • Endrofina: o hormônio do bem esta. A endorfina é um opióide e  afeta o cérebro de uma forma parecida com o ópio, mas de forma bem mais tênue. Reduz a dor e promove prazer. Por isso alguns especialistas especulam que o chocolate pode levar ao vício.

  

[Antes de prosseguir, nós do Yamuna gostaríamos de te mostrar como é feito um chocolate 100% cacau aqui na nossa cozinha no sítio. Assista o vídeo abaixo] 

 

(prosseguindo com o artigo...)

Informação nutricional do Chocolate amargo

Então, o chocolate amargo é bom para você? Não pense que qualquer barra de chocolate doce possa ser nutritiva, mas a nutrição tenha certeza de que o chocolate amargo/escuro é realmente impressionante, especialmente quando se trata de fibra, ferro, magnésio, manganês e cobre.

[O chocolate é um dos alimentos mais abundantes em magnésio, sabia? Além de ser rico em ferro, cobre e manganês. Nós aqui oferecemos sempre paras as crianças e consideramos um superalimento. Podem conferir no vídeo acima. É amargo? Sim! Mas com o tempo o paladar desembrutece, se abre e as crianças acostumam]

Os benefícios do chocolate amargo são incríveis graças a toda essa abundância.

Apenas 30 gramas de chocolate amargo com 75% a 85% de sólidos de cacau contêm os seguintes nutrientes:

  • 168 calorias

  • 12,8g de carboidratos

  • 2,2g de proteína

  • 12g de gordura

  • 3,1gs de fibra

  • 0,5mg de manganês (27% DV)

  • 0,5 mg de cobre (25% DV)

  • 3,3mg de ferro (19% DV)

  • 63,8mg de magnésio (16% DV)

  • 86,2mg de fósforo (9% DV)

  • 200mg de potássio (6% DV)

  • 0,9mg de zinco (6% DV)

  • 2 mcg de vitamina K (3% DV)

  • 1,9mcg de selênio (3% DV)

  • 20,4mg de cálcio (2% DV)

Se você optar por consumir chocolate 100% cacau, você pode considerar 20 a 30% a mais desses nutrientes.  

 

Efeitos colaterais

Apesar dos muitos benefícios à saúde do chocolate amargo, existem alguns efeitos colaterais a serem considerados a respeito dos chocolates ao leite e industriais com elevado teor de açúcar e gordura hidrogenada.  Seu consumo tem sido associado a efeitos colaterais como:

  • acne
  • ganho de peso
  • inchaço
  • dores de cabeça 
  • gases
  • distúrbios do sono
  • cáries
  • Prisão de ventre
  • nervosismo

 

Quanto comer de chocolate?


Embora o chocolate possa ser um ótimo complemento para uma dieta saudável, é importante ter em mente que cada porção contém uma alta quantidade de calorias de chocolate amargo.

Para evitar excessos, é melhor comer um pedacinho sozinho após uma refeição sólida ou incluí-lo em uma receita. Comece com cerca de 30 gramas por dia para manter seu consumo de calorias sob controle.

Também faça outros ajustes em sua dieta, conforme necessário, para compensar calorias extras, se você gosta de chocolate amargo com uma dieta para perda de peso.

Se você tiver alguma restrição alimentar, também é melhor moderar sua ingestão de chocolate. Embora você possa desfrutar de chocolate amargo com uma dieta cetônica, por exemplo, é melhor selecionar variedades com uma porcentagem maior de chocolate amargo e aderir a porções menores para minimizar a ingestão de carboidratos.

Selecionar produtos com pelo menos 70% de cacau também pode ajudar a garantir que você obtenha o melhor chocolate escuro possível. [Se você quer fortes emoções e procura um chocolate 100%, clique aqui]

Além disso, se você é sensível à cafeína ou procura evitar totalmente a cafeína, é importante saber que há quantidades mensuráveis ​​de cafeína no chocolate. Os efeitos colaterais da overdose de cafeína podem incluir nervosismo, aumento da micção, insônia e batimentos cardíacos acelerados.

Para referência, 28,5g (1 once) de chocolate contém cerca de 12 miligramas de cafeína. Embora isso seja significativamente menor do que uma xícara de café ou uma bebida energética, ainda é importante ter atenção ao escolher o tamanho da porção, se você é sensível à cafeína.

Conclusão

 

  1. Chocolate escuro é bom para você? Dê uma olhada nos fatos nutricionais do chocolate escuro e é fácil ver por que esse ingrediente incrível traz benefícios para a saúde.
  2. Além de ser um alimento rico em fibras, cada porção também é carregada com manganês, cobre, ferro e magnésio.
  3. Alguns dos principais benefícios do chocolate amargo para homens e mulheres incluem melhora da saúde do coração, pressão arterial e função cerebral.
  4. Outros benefícios potenciais do chocolate amargo incluem melhora da saúde da pele, aumento da visão e redução dos níveis de colesterol.
  5. Ganho de peso, acne, inchaço, dores de cabeça e distúrbios do sono são alguns dos efeitos colaterais mais comuns do chocolates industriais ricos em açúcar e gordura hidrogenada.
  6. Além disso, como pode ser relativamente alto em calorias, é importante moderar sua ingestão e selecionar variedades saudáveis ​​de chocolate escuro com uma porcentagem maior de sólidos de cacau para maximizar os benefícios à saúde do chocolate preto.

 

Referências

Este artigo foi escrito por Annie Price. Publicado em https://draxe.com/nutrition/benefits-of-dark-chocolate/

Ao longo do texto acima, as referências estão em formato de links, basta clicar e acessar no momento da leitura.

Obrigado por ler!

Daiane Bortolon


Deixe um comentário

Observe que os comentários precisam ser aprovados antes de serem publicados